Andy Murray vence o Masters 1000 de Xangai e intensifica briga pelo número 1

Entenda como funciona o ranking da ATP de uma vez por todas
11/10/2016
Os melhores equipamentos para seu jogo
11/11/2016

Andy Murray vence o Masters 1000 de Xangai e intensifica briga pelo número 1

Mais uma vez o Masters 1000 de Xangai fica nas mãos do escocês. Pela terceira vez, Andy Murray se sagrou campeão na China e entrou de vez na briga pela primeira colocação no ranking da ATP.

 

Durante toda a semana, Murray jogou um tênis impecável e chegou à final sem perder sets. Pelo caminho ficaram o americano Steve Johnson (6/3 e 6/2), o francês Lucas Pouille (6/1 e 6/3), o belga David Goffin (6/2 e 6/2) e o francês Gilles Simon (6/4 e 6/3).

 

Na grande final, Murray enfrentou a surpresa Bautista Agut. Com uma quebra de vantagem, o britânico sacou para o primeiro set, mas viu o espanhol elevar seu nível, quebrar de volta e levar a parcial para o game de desempate. No entanto, foi o último momento de brilho de Bautista Agut no torneio. No tie-break, Andy fez 7/1 e levou o set seguinte por 6/1, sem dar chances ao espanhol.

 

Com a vitória, Murray chegou aos 10485 pontos ante os 12900 de Djokovic. Na corrida anual, o britânico encostou de vez. São 9685 pontos do britânico contra 10600 do sérvio número 1. Na temporada, ainda serão disputados alguns ATPs 500, o Masters 1000 de Paris e o ATP Finals, que dá 1500 pontos ao campeão invicto. Então, ainda há tempo de Murray buscar a liderança.

 

Djokovic decepciona

Como em todos os torneios da temporada, Novak Djokovic começou o Masters 1000 de Xangai como favorito ao título. Com vitórias relativamente tranquilas sobre Fognini e Pospisil, o sérvio parecia caminhar bem rumo a sua quarta taça na China. Mas, logo nas quartas de final, Djokovic já caiu de rendimento e suou muito para derrotar Mischa Zverev após perder o primeiro set. No duelo seguinte, porém, o número 1 do mundo não resistiu a Bautista Agut e caiu em dois sets. O sérvio chegou a quebrar raquetes e rasgar sua camiseta, tamanha sua desconcentração. Agora resta a ele elevar novamente seu nível para não ser ultrapassado por Murray no ranking.

 

Duplas brasileiras caem cedo

Xangai não foi um bom torneio para os brasileiros Marcelo Melo e Bruno Soares. O primeiro, ao lado de Lukasz Kubot, caiu logo nas oitavas para a dupla Cuevas e Granollers. Já Bruno, ao lado de Jamie Murray, deu adeus à competição na fase seguinte, quando perdeu para Kontinen e Peers. No fim, o título ficou com os americanos Jack Sock e John Isner.

Pró Spin
Pró Spin
Somos a Pró Spin, uma loja virtual pioneira na venda de artigos esportivos pela internet que hoje pertence a um grupo empresarial chamado PS Esportes. A Pró Spin nasceu da necessidade de se adquirir produtos de qualidade e procedência no mercado eletrônico. Hoje é destaque no competitivo mercado online por respeitar o consumidor, oferecendo ótimas condições de pagamento, ofertas exclusivas, além de muita variedade de produtos de extrema qualidade.