Saibro

Atualmente as bolas de tênis são fabricadas em grande escala, já que as grandes marcas chegam a vender mais de 50 milhões, cada uma delas.

Para uma bola ser oficializada pela Federação Internacional, ela precisa passar por testes especiais, incluindo o teste de deformação. De maneira geral, além das dimensões, uma bola deve saltar entre 53 e 58 polegadas (entre 1,34m e 1,47, respectivamente) quando for solda de uma altura de 100 polegadas (2,54m) sobre uma superfície de cimento.

As bolas de tênis são compostas por duas metades de borracha, que são cimentadas e pressurizadas, num processo mecânico e manual, cobertas por lã ou feltro sintético. A junção das peças é feita por uma selagem impermeável e guardadas em um recipiente que mantém a pressão original por no mínimo seis meses.

Existem bolas para quadras sintéticas ou para pisos de saibro, já que o feltro se consome mais em pisos abrasivos (como o saibro). As bolas possuem algumas indicações como:

Duty Felt: Indicado para quadras sintéticas;

Regular Felt: Melhor usada no saibro.

Embora teoricamente possam existir 24 tipos, como velocidade, tipo de feltro e salto, apenas 16 são passiveis de utilização e quatro sejam efetivamente comercializados: as pressurizadas de média e baixa velocidade e as sem-pressão  de média velocidade.

A numeração que aparece nas bolas serve para identificação das bolas de um mesmo tubo, quando misturadas na bolsa ou perdidas em outra quadra.

(Fonte: Entenda o tênis – José Nilton Dalcim)

14/11/2013

Conhecendo a bola de tênis

Atualmente as bolas de tênis são fabricadas em grande escala, já que as grandes marcas chegam a vender mais de 50 milhões, cada uma delas. Para uma bola ser oficializada pela Federação Internacional, ela precisa passar por testes especiais, incluindo o teste de deformação. De maneira geral, além das dimensões, uma bola deve saltar entre 53 e 58 polegadas (entre […]