Frustrado com o peso e a qualidade dos esquis de madeira dos anos 40, Howard Head, um engenheiro aeronáutico, resolveu desenvolver seu próprio equipamento para praticar o esporte. Pouco tempo depois, em 1950, ele inovou ao criar o que chamou de “Head Standard Ski”, feito de tiras de alumínio e extremidades de metal, com revestimento em plástico. Entrava no mercado a mais nova loja de esquis da época, a Head Ski Company – prestes a revolucionar a produção e durabilidade desse produto no mundo inteiro.

O  sucesso era certo: apenas cinco anos após sua fundação, liderava a venda de esquis nos Estados Unidos e na Europa.

A marca continuou inovando e, nos anos 60, criou uma divisão para a produção de equipamentos de tênis – em especial, para elaborar raquetes de alumínio, que se tornariam seu principal produto. A requisitada novidade ganhou espaço nas principais quadras de tênis da época e, em 1969  foi oficialmente introduzida no mercado, no tradicional torneio US OPEN.

Não deixando os esquis de lado, ainda nessa época, Jean-Claude Killy – renomado campeão olímpico de esqui – foi contratado para divulgar um novo conceito em esquis, desta vez fabricado com um metal e fibra de vidro.

No início dos anos 70, a empresa tornou-se pioneira ao usar uma tecnologia especial na produção de seus produtos. E para impulsionar ainda mais a visibilidade da marca no mercado de tênis da época, uma surpresa: o tenista americano Arthur Ashe venceu o famoso torneio de Winbledon, em 1975, utilizando as raquetes HEAD e derrotando o favorito Jimmy Connors.

Ainda aproveitando o ‘boom’ do momento, adquiriu a Tyrolia (tradicional fabricante de acessórios de esqui) e a Mares (fabricante de equipamento de mergulho). Também, estendeu a linha de tênis com calçados específicos para a prática do esporte e, no ano seguinte, inaugurou uma fábrica para produzir raquetes na Áustria.

 

 

Entre muitos atletas e campeonatos tradicionais, em 1992 patrocinou o tenista Marc Rosset e Andre Agassi e, também, o esquiador Patrik Ortlieb, que conquistaram medalhas e mantiveram a visibilidade da Head lá em cima.

Em 1995, após ser administrada por diferentes proprietários, a empresa ganhou a voz de Johan Eliasch. Pouco tempo depois, foi mais uma vez pioneira e introduziu no mercado raquetes de Titanium e Graphite – de característica leve e extremamente resistente, que se tornaria a mais vendida no mundo, em pouquíssimo tempo. E assim continuou crescendo, adquirindo, por exemplo, a fabricante de bolas Penn, líder norte americana.

Nos anos 2.000, ninguém menos que Gustavo Kuerten, que ganhou o tornei Roland Garros, e também a estrela Goran Ivanisevic, que levou pra casa o troféu da Wimbledon, fizeram parte da história do negócio.

Mesmo lançando muitas novidades tecnológicas aplicadas aos seus produtos, quase sempre pioneiros em algum aspecto, com o passar dos anos a marca não deixou de investir em publicidade com grandes atletas. Vestiram sua camisa nomes como Jelena Dorik, Gilles Simon, Svetlana Kuznetsova, Stanislas Wawrinka, Ivan Ljubicic, Victoria Azarenka, Mikhail Youzhny, Agustin Calleri, Sébastien Grosjean, Patty Schnyder, entre outros.

Hoje em dia, a empresa produz equipamentos para esqui, snowboarding, squash, mergulho e, claro, para o tênis. Está presente em mais de 90 países, com mais de 33 mil pontos de venda, com um faturamento de 47% por conta de esportes de inverno e 36% devido à pratica de tênis.

Como se não bastasse, atualmente, cerca de 30 dos 100 dos maiores tenistas utilizam suas raquetes. E uma boa notícia para fechar sua leitura… Se você pratica tênis, saiba que a marca mantém um programa global de patrocínio, para revelar jovens talentos, em mais de 40 países.

09/12/2014

Head e sua Importância no Tênis

Frustrado com o peso e a qualidade dos esquis de madeira dos anos 40, Howard Head, um engenheiro aeronáutico, resolveu desenvolver seu próprio equipamento para praticar o esporte. Pouco tempo depois, em 1950, ele inovou ao criar o que chamou de “Head Standard Ski”, feito de tiras de alumínio e extremidades de metal, com revestimento em plástico. Entrava no mercado […]
28/08/2013

Quem define o jogo, o tenista ou a raquete? Parte 3 (Final)

Novak Djokovic não é tão agressivo quanto Roger Federer e nem usa tanto spin quanto Rafael Nadal. A Raquete de Tênis Head Graphene Speed Pro tem um pouco mais de peso do que a raquete do Nadal, mas não chega nem perto do peso da raquete de Federer.Possui aro mais fino, equilibrio de peso voltado para o cabo e padrão […]
26/08/2013
Raquete de Tênis Wilson Pro Staff Six One 90 BLX

Quem define o jogo, o tenista ou a raquete? Parte 1

Vocês já repararam na raquete do Roger Federer? Está Raquete foi projetada para privilegiar o controle de bola. O suíço usa um equipamento pesado (339 gramas sem corda), de cabeça pequena ( 90 polegadas quadradas), aro bem fino (17,50 mm) e com o equilíbrio voltado para o cabo. Agora vamos pensar no jogo de Federer. Ele joga em cima da linha […]