As raquetes modernas são feitas de grafite, titânio ou kevlar (fibra sintética de aramida muito resistente e leve), que podem também estar misturados entre si ou com fibra de vidro, em maior ou menor escala. Basicamente, raquetes de alumínio são indicadas para crianças ou adultos de nível iniciante ou intermediário. As de grafite, para crianças avançadas ou adultos intermediários e avançados.

Cabeça

Dentro da limitação permitida pela regra, podem variar de 88 a 135 polegadas quadradas, embora a maciça a maioria fique entre 90 e 110. Ate as 104 polegadas, são chamadas de “mid-size” oferecendo menor potencia e maior controle, portando ideias para tenistas competitivos e de fundo de quadra. Ate 110, são as “over-size”, que aumentam a velocidade do golpe, mas diminuem a precisão. Acima de 110, são “superover-size”, indicadas para jogadores recreativos. Favorecem saque, voleio e slices.

Peso

O peso (sem corda) é informado na lateral da raquete e varia geralmente de 260 a 350 gramas. As mais leves são indicadas para tenistas recreativos, as mais pesadas para competitivos. Este item deve estar relacionado com o tamanho da cabeça da raquete, com a distribuição de peso e até mesmo com a tensão das cordas.

Equilíbrio

Quando o peso maior está na cabeça, consegue-se maior velocidade, porém menor controle, ideal para iniciantes. Com o peso o cabo, há menor potência e maior controle, portanto indicada para tenistas mais avançados. Muitas têm equilíbrio zero. São mais indicadas para intermediários e avançados.

Equilibrio da Raquete

Flexibilidade

As raquetes podem ser mais flexíveis (soltam menos a bola e exigem mais força do braço) ou rígidas.

Tamanho

Existem raquetes com mais de 27 polegadas de comprimento, cuja vantagem é maior alcance, maior potência e maior facilidade em obter ângulos. A desvantagem é maior dificuldade no manuseio e perda de precisão. Raquetes mais longas são ideais para tenistas recreativos.

Ponto Doce (Sweet Spot)

É o local da raquete onde se consegue maior rendimento no impacto com a bola. Raquetes maiores possuem maior ponto doce e devem ser usadas por iniciantes. Quanto menor o ponto doce, maior a precisão é exigida do tenista.

Grip

É a grossura do cabo da raquete, que depende do tamanho da mão do jogador. O cabo ideal não gira na mão e nem escapa dela durante qualquer golpe. Se você usar overgrips sobre o cabo da raquete, pode utilizar um grip mais fino para compensar.

Cordas

Fator de extrema importância no desempenho. Existem em enorme variedade e três fatores são determinantes: material que é feito, espessura e tensão. Quanto ao material, as de nylon são as mais simples, geralmente grossas e resistentes, porem perdem tensão rapidamente e proporcionam menor sensibilidade do golpe. As de poliéster são resistentes, porem perdem tensão rapidamente e absorvem melhor o impacto. As de tripa podem ser sintéticas (boa absorção e resistência, menor perda de tensão) ou natural (a mais indicada, porem de alto custo). As espessuras geralmente variam entre 1,25 e 1,35.

Tensão das Cordas

Medidas em libras no Brasil têm indicação ideal na lateral de cada raquete, geralmente na faixa de 50 a 55 libras. Quanto menor a libragem escolhida, maior potência e menor controle. Quanto maior a libragem, maior controle e menor potência.

21/11/2013

Os segredos da raquete

As raquetes modernas são feitas de grafite, titânio ou kevlar (fibra sintética de aramida muito resistente e leve), que podem também estar misturados entre si ou com fibra de vidro, em maior ou menor escala. Basicamente, raquetes de alumínio são indicadas para crianças ou adultos de nível iniciante ou intermediário. As de grafite, para crianças avançadas ou adultos intermediários e […]