Equipamentos

A primeira corda de tênis foi fabricada em 1875, quando Pierre Babolat criou a corda de tripa natural. Durante anos esse foi o único tipo de corda usada que reinou até o início da década de 1980.

Com o avanço da tecnologia, foi possível o desenvolvimento de outros tipos de fios, e é graças a esse avanço que hoje temos diferentes tipos de cordas, como:

Tripa Natural Ela permite uma maior penetração da bola no aro da raquete. Quanto maior a profundidade, maior a potência, menos perda de energia em função de que a bola não se deforma na entrada e saída do aro. Maior redução de choque e vibração com grande conforto. Pode ser usada em qualquer tipo de raquete independente do peso. É para jogadores de todos os tamanhos de swing. Ideal para jogadores com lesões, devido ao excelente conforto.

Tripa SintéticaEla tem uma entrada no aro da raquete muito menor comparada com outros tipos de corda, como a de tripa natural e a poliamida. Envolve menos a bola facilitando a perda de energia e potência, oferece uma sensação agradável, mas básica. Muito usada por jogadores iniciantes, diminui as boas sensações das raquetes mais modernas. Tem uma boa durabilidade. É para jogadores de todos os tamanhos de swing. Não é indicada para nenhum tipo de lesão.

Multi – Fibras/ Poliamida Essa corda permite uma boa penetração da bola no aro. Se deforma um pouco na entrada do aro com uma pequena perda de energia, mas oferece uma boa potência na devolução, um toque suave e reduz bastante o choque e vibração com bom conforto. Deve ser indicada para maioria de jogadores de clube e para qualquer tipo de raquete independente do peso. Tem uma razoável durabilidade. É para jogadores de todos os tamanhos de swing. Fabricada para se aproximar ao máximo da performance da Tripa Natural e em geral custa a metade do preço podendo ser usada em alguns casos por jogadores com algum tipo de lesão.

Poliéster Essa corda permite uma grande entrada da bola no aro da raquete. A bola se deforma muito com o contato na corda, perdendo muita energia e muita potência, oferecendo grande controle com choque e vibração. Por esse motivo os próprios fabricantes recomendam que seja colocado 10% a menos de tensão. Deve ser usada por jogadores com Swing grande e rápido (somente), facilita um jogo agressivo de muito top spin. A melhor aplicação dessa corda é nas raquetes mais pesadas como as dos profissionais, com pelo menos 310 gramas (forçando uma barra para 300 gramas). Tem grande durabilidade com grande perda de tensão. De forma alguma deve ser usada por jogadores com lesão.

Agora que você já conhece os diferentes tipos de cordas existentes no mercado, fica a dúvida. Qual corda é ideal para o meu estilo de jogo? Quando devo trocar a corda da minha raquete? Esses tópicos serão abordados em nosso próximo post.

13/12/2013

Conheça melhor o tipo de corda que você usa na sua raquete

A primeira corda de tênis foi fabricada em 1875, quando Pierre Babolat criou a corda de tripa natural. Durante anos esse foi o único tipo de corda usada que reinou até o início da década de 1980. Com o avanço da tecnologia, foi possível o desenvolvimento de outros tipos de fios, e é graças a esse avanço que hoje temos […]
21/11/2013

Os segredos da raquete

As raquetes modernas são feitas de grafite, titânio ou kevlar (fibra sintética de aramida muito resistente e leve), que podem também estar misturados entre si ou com fibra de vidro, em maior ou menor escala. Basicamente, raquetes de alumínio são indicadas para crianças ou adultos de nível iniciante ou intermediário. As de grafite, para crianças avançadas ou adultos intermediários e […]
14/11/2013

Conhecendo a bola de tênis

Atualmente as bolas de tênis são fabricadas em grande escala, já que as grandes marcas chegam a vender mais de 50 milhões, cada uma delas. Para uma bola ser oficializada pela Federação Internacional, ela precisa passar por testes especiais, incluindo o teste de deformação. De maneira geral, além das dimensões, uma bola deve saltar entre 53 e 58 polegadas (entre […]
30/10/2013

Como aumentar a empunhadura de sua raquete

Veja passo a passo como aumentar a empunhadura da sua raquete em 1 número ou 1/8″. Remova o grip existente do punho da raquete. Em seguida, remova  toda a fita adesiva, ou o grip adicional. Deslize o engrossador sobre o tampão do cabo. Em alguns casos será necessário remover o tampão do cabo antes da aplicação. Pegue o secador de […]
07/10/2013

Como você segura a raquete?

A forma com que se segura a raquete é fundamental, já que define um ângulo diferente para a cabeça da raquete, o ponto de contato com a bola e consequentemente o efeito a ser obtido. De forma genérica, as empunhaduras (“grips” em inglês) sâo definidas a partir das oito facetas de um cabo. O ponto de referência é o osso […]