Escolha a corda adequada para a sua batida

Beach Tennis
Como escolher uma raquete de Beach Tennis?
20/09/2021
cushion grip
Escolhendo seu cushion grip
24/09/2021

Escolha a corda adequada para a sua batida

cordas

Se você, como nós, é um entusiasta do tênis, provavelmente já sabe que a escolha da raquete é um dos fatores que afetam diretamente o desempenho do jogador, não é mesmo? Mas para além da raquete, existe um outro ponto de atenção para quem quer começar a se desenvolver nesse esporte que são as cordas da raquete. 

Nesse artigo nós vamos falar sobre os diferentes materiais de que são confeccionadas essas cordas, pontos positivos e negativos de cada um deles e ainda como a tensão da corda influencia na sua jogada. Confira: 

Tipos de cordas 

As cordas de raquetes são feitas de diversos materiais, o que influencia diretamente na sua qualidade e no seu uso. 

Nylon: 

Um exemplo disso são as cordas de nylon. Apesar de serem mais acessíveis, esse material faz com que a corda perca a tensão rapidamente. Além disso, a maioria apresenta uma baixa absorção de impactos, salvo algumas exceções, o que pode contribuir para o aparecimento de lesões quando a prática é mais frequente. Elas também costumam ser mais grossas e se abrirem facilmente com a variação da temperatura. Mas, uma das vantagens desse material é que ele costuma ser mais resistente às quebras. Em geral é indicada para crianças e adolescentes iniciantes. 

Tripa sintética 

Diferentemente das cordas de nylon, as confeccionadas a partir de tripas sintéticas costumam apresentar uma maior absorção de impactos, menor sujeição à variação de temperatura e perdem a tensão mais dificilmente. Em geral são mais finas ou então apresentam uma grossura intermediária. Tudo isso reflete no valor, um pouco mais alto se comparado às de nylon. A grande desvantagem aqui é que elas não são tão resistentes às quebras. Esse modelo é indicado a adolescentes, adultos amadores e competitivos que não costumam quebrar as cordas. 

Poliéster 

As cordas de poliéster, por sua vez, são feitas em diferentes espessuras e, de modo geral, apresentam uma boa resistência a quebras e pouca sujeição à mudança de temperatura. Mas por outro lado, apresentam uma alta perda de tensão e uma baixa absorção do impacto. Assim como as de tripa sintética, elas apresentam um valor intermediário. Esse modelo é mais recomendado para adultos que participam de competições que costumam quebrar muito as cordas. 

Tripas naturais

As cordas de tripas naturais são muito semelhantes às de tripas sintéticas, apresentando uma performance ainda melhor em praticamente todos os quesitos. A grande desvantagem aqui está no preço, bem mais elevado, e também ao fato de elas serem extremamente sensíveis à umidade. Recomendadas para profissionais ou pessoas da terceira idade. 

Materiais de Alta Performance 

Essas costumam ser a escolha dos tenistas mais assíduos e também dos profissionais. Feitas a partir de materiais sintéticos de altíssimo nível, essas cordas podem se dividir em dois grupos:

  • Cordas de alta de absorção de impacto: recomendadas para jogadores com histórico de lesões ou incômodo em qualquer parte do braço. 
  • Cordas de alta jogabilidade: Mais recomendadas para tenistas que participam de competições. 

Qual é a tensão perfeita da corda da raquete?

Isso irá variar de acordo com o foco de cada jogador. A regra de ouro aqui é que quanto maior a tensão, maior a firmeza e o controle. Quanto menor a tensão, maior a potência da batida e o conforto. 

Agora que você sabe as vantagens e desvantagens de cada material, aproveite para passar pela nossa loja e escolher o tipo de corda que mais se adequa ao seu perfil e às suas necessidades. Um abraço e boas partidas!