Pró Spin

Roger Federer é definitivamente o protagonista do primeiro quarto de 2017. Ao conquistar mais uma vez o sunshine double (vencer seguidamente os Masters 1000 de Indian Wells e Miami), o suíço ampliou sua vantagem na corrida para Londres e se tornou um real candidato a terminar o ano na primeira colocação do ranking.

O topo do ranking, entretanto, definitivamente não é sua prioridade. Logo após a cerimônia de premiação, o suíço avisou que deve ficar fora de toda a temporada de saibro, exceto Roland Garros. Assim, existe uma chance de ser ultrapassado no ranking anual se alguém for dominante na gira europeia.

O jogo

Ter mais um Masters 1000 decidido entre Federer e Nadal é fantástico para o fã de tênis. Diferentemente de Indian Wells, onde Roger foi amplamente superior, a final de Miami começou muito parelha, com ambos tendo chances de quebra no primeiro set. Melhor para Federer, que no momento mais importante da parcial, conseguiu jogar bem, teve paciência e largou com 6-3.

O segundo set foi bem favorável ao suíço. Nadal brigou, como sempre faz, por todas as bolas, mas era da raquete do Federer que saiam as melhores jogadas. Por fim, vitória de Roger Federer por 6-3 e 6-4, ampliando sua sequência positiva sobre Rafael Nadal para 4 vitórias consecutivas, sendo 3 nesse ano. Para o espanhol, que faz a segunda melhor temporada do circuito, ficou o gosto amargo de ser vice em Miami pela quinta vez em 5 finais (05, 08, 11, 14 e 17) e o terceiro vice no ano, ainda sem títulos.

Após o Masters 1000 de Miami, Roger Federer assumiu a quarta posição do ranking, enquanto Nadal é o quinto. Murray, Djokovic e Wawrinka continuam nas primeiras colocações.

Brasil campeão

A dupla do brasileiro Marcelo Melo parece ter engrenado. Ao lado do polonês Lukasz Kubot, o mineiro já tinha conseguido ser vice campeão em Indian Wells, e agora faturou o Masters 1000 de Miami após vencer os americanos Monroe e Sock por 7-5 e 6-3 na final. Com a vitória, a parceria passa a ser a segunda melhor do ano e Melo sobe 3 posições no ranking, chegando à sexta colocação.

Feminino

O torneio feminino foi bastante imprevisível, colocando Johanna Konta e Caroline Wozniacki na decisão. No final, melhor para a britânica, que ousou mais, venceu por  6-4 e 6-3 e levantou seu primeiro título dessa categoria. Konta subiu para a sétima colocação do ranking, enquanto Wozniacki chegou à décima segunda posição.

04/04/2017
Federer Masters 1000 Miami

Uma pausa no conto de fadas suíço

Roger Federer é definitivamente o protagonista do primeiro quarto de 2017. Ao conquistar mais uma vez o sunshine double (vencer seguidamente os Masters 1000 de Indian Wells e Miami), o suíço ampliou sua vantagem na corrida para Londres e se tornou um real candidato a terminar o ano na primeira colocação do ranking. O topo do ranking, entretanto, definitivamente não […]
20/03/2017
Roger Federer

O melhor tênis do ano

Nem o mais otimista dos fãs poderia prever que os dois torneios mais importantes do ano até aqui estariam na bagagem de Roger Federer. O suíço voltou após mais de 6 meses longe das quadras sob muitos olhares de desconfiança a respeito de seu jogo e de sua capacidade física. Começando na 17ª colocação do ranking, suas chaves seriam mais […]
20/02/2017
Rio Open Pró Spin

PRÓ SPIN MARCA PRESENÇA NO RIO OPEN 2017

Começa nesta segunda-feira (20/02), o Rio Open 2017, o maior evento de tênis da América do Sul. A competição, que vai até o dia 26 de fevereiro, é considerada um dos vinte torneios mais importantes do calendário da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) e vai acontecer no Jockey Club Brasileiro. O torneio contará com a presença de grandes nomes do […]
31/01/2017
Federer vs Nadal

Federer x Nadal XXXV: a lenda ressurge

O Australian Open chegou ao fim com a mais sonhada final do tênis. O destino foi muito generoso ao colocar frente a frente as lendas Roger Federer e Rafael Nadal na decisão do primeiro Grand Slam do ano, quebrando todas as expectativas, uma vez que eram os cabeças de chave 17 e 9, respectivamente. Federer não jogava um torneio oficial […]
30/12/2016

O que esperar para o circuito em 2017

Está para começar um dos anos mais esperados do esporte da bola amarela. Depois de um longo tempo, o rei Novak Djokovic e a rainha Serena Williams foram destronados, dando espaço para Andy Murray e Angelique Kerber. E a expectativa não se resume apenas à briga pelo topo do ranking, mas também por grandes retornos, como Roger Federer, Maria Sharapova, […]